Hora H: qual é o prazo para o resultado de uma Fertilização in vitro?

Após o procedimento de fertilização in vitro, é comum ficar no ar a expectativa para saber se houve sucesso no tratamento ou não, principalmente em quanto tempo o resultado poderá ser divulgado. 

Por isso, para entender melhor o processo da melhor forma possível, resolvemos trazer esse texto para esclarecer as questões acerca de como saber se houve sucesso no procedimento de FIV.

Desejamos uma excelente leitura!

O período após a fertilização in vitro

Antes de começarmos, se você deseja saber mais sobre o que é a fertilização in vitro, recomendamos a leitura do material “Conheça o passo a passo da Fertilização in vitro” para saber tudo a respeito do tema.

Passado todo o procedimento da fertilização in vitro, a maioria das pacientes têm dúvidas sobre como proceder neste período de espera. Já adiantamos que é nessa hora que entra o teste de gravidez, após passado 1 mês desde o procedimento da FIV!

Boa parte dos testes de gravidez são vendidos em farmácias de todo o país e conseguem identificar se o hormônio da gravidez, o HCG, também conhecido como gonadotrofina coriônica humana, está presente no sangue. 

A partir da urina, estes testes conseguem detectar se o hormônio está presente no organismo e pode ser identificado a partir da primeira semana de gravidez. A mulher também pode fazer o teste antes da provável data de menstruação. 

Alguns médicos costumam apontar que, caso a mulher esteja grávida, o teste já consegue identificar o hormônio com oito dias de atraso na menstruação. 

Praticamente todos os testes de gravidez de farmácia conseguem identificar o hormônio no sangue, mas para não ficar a dúvida, o exame de sangue é o mais assertivo e indicado, já que aponta com maior clareza se está ocorrendo o desenvolvimento de uma gravidez ou não. 

A diferença do teste sanguíneo para o teste de farmácia é que, muitas vezes, pode ocorrer uma gravidez química em vez da gravidez normal. 

Em outras palavras, a gravidez química ocorre quando o embrião não consegue ser implantado no útero, porém, pode fazer com que o hormônio da gravidez seja liberado no organismo e aponte que há uma gravidez ocorrendo no teste da farmácia.

Para entender melhor sobre a gravidez química, recomendamos a leitura do material “Gravidez química: teste deu positivo e depois, negativo. O que fazer?”.

Para que uma gravidez seja considerada em desenvolvimento, alguns laboratórios possuem padrões próprios para considerar a taxa mínima de HCG no sangue, mas a maioria afirma que essa taxa precisa estar em no mínimo 5 mUI/mL para apontar que há uma gravidez em andamento.

Atenção!

Ao passar pela fertilização in vitro, a mulher se submete a uma série de estímulos hormonais, que podem gerar alteração no teste de gravidez, fazendo com que os hormônios em relação à gestação estejam alterados e apresentem diferenças a mais do que o normal. 

Por isso, o mais recomendado é que a mulher espere por pelo menos um mês, para depois fazer o teste de gravidez.

Com uma semana de atraso, já é possível realizar o teste, tanto de farmácia, quanto o sanguíneo, para saber com precisão se a mulher está grávida após se submeter aos tratamentos de fertilização in vitro

O tempo de espera também tem muito a ver com a quantidade de hormônio HCG que se desenvolve no sangue. Os níveis desse hormônio também podem apontar se uma gravidez vai se desenvolver de forma saudável ou se apresenta taxas de abortamento. 

Níveis de beta HCG acima de 48 mUI/mL podem apontar que a gravidez tem maiores chances de ocorrer de forma saudável. Taxa de HCG acima de 100 mUI/mL raramente indica chances de aborto, pois no caso de aborto precisam estar abaixo de 20 mUI/mL para acontecer.

Outra questão que a mulher precisa ter atenção é que durante o processo inicial, após a fertilização in vitro ser realizada, pode ser que ela não sinta os sintomas comuns da gravidez, como enjoo, náuseas, gases, cansaço, entre outros aspectos. 

Já que esses sintomas nem sempre são sinais de que a gravidez realmente está ocorrendo, pois podem apontar apenas uma alteração emocional da mulher. Portanto, é preciso um exame de sangue para apontar se a gravidez é uma realidade.

Mais sobre fertilização in vitro

A fertilização in vitro é uma das técnicas que vem revolucionando o mundo da medicina reprodutiva, tornando o sonho de muitas mulheres em serem mães, possível.

Por isso, para dar continuidade ao assunto, indicamos a leitura do material “Fertilização in vitro: como o método garantiu o aumento das taxas de sucesso na Reprodução Assistida” para que você entenda ainda mais sobre o que vem possibilitando que esse procedimento seja tão procurado.

Esperamos que goste!

Considerações finais

A ansiedade é grande para a mulher que deseja saber o mais rápido possível se a gravidez aconteceu após procedimento de fertilização in vitro

Porém, é necessário ter calma e esperar o tempo correto para que o resultado venha de forma assertiva. Não esquecendo também que o exame de sangue é o mais confiável para apontar se a gravidez está em andamento ou não.

Por isso, se ainda houver dúvidas acerca desse assunto, não deixe de entrar em contato com uma equipe especializada e que possa te ajudar a sanar essas questões. 

Se você está em busca de profissionais e alternativas que te ajudem a engravidar com saúde, clique aqui e conheça as melhores técnicas de medicina reprodutiva do Brasil.

O nosso compromisso maior é gerar possibilidades para a vida.