Como preparar o emocional para ser receptora de uma doação de óvulos

A ovodoação é uma alternativa no tratamento de reprodução assistida. Porém, em um primeiro momento, essa notícia pode causar uma série de sentimentos nos casais. 

Antes de entrar nos méritos e conclusões sobre o procedimento, é importante conhecê-lo a fundo. Se o seu maior desejo é ser mãe, essa pode ser uma das formas de tornar o seu sonho realidade. 

Nesse texto você vai conhecer um pouco mais sobre como a doação acontece e como você pode se preparar emocionalmente para ela. 

Boa leitura!

Entendendo o que é a ovodoação  

Em essência, o tratamento da ovodoação consiste na mulher recebendo óvulos de uma doadora anônima compatível e dando o primeiro passo para realizar o seu desejo de maternidade. 

Os óvulos que serão doados são selecionados de forma criteriosa por uma equipe especializada. E então, são unidos ao espermatozóide do homem para gerar um embrião. Os embriões estando saudáveis, são transferidos para a receptora por meio de uma transferência embrionária.

No momento de seleção dos óvulos, essa análise rigorosa que é feita pela equipe, tem como objetivo  entender a compatibilidade das células da receptora, que precisa ser plena, com as células dos óvulos doados.  

O momento da escolha da doadora

Quando o procedimento de doação de óvulos dá início, ele acontece muito antes da transferência de óvulos. O processo para se tornar uma doadora possui requisitos básicos, entre eles: ter entre 18 e 35 anos, não possuir nenhuma doença genética e ter a saúde em perfeito estado. As candidatas são submetidas ainda a uma avaliação clínica e psicológica. Dessa forma, é possível entender as informações diretamente ligadas a fertilidade e o estado de saúde de cada uma. 

Fertilização In Vitro

Esse tipo de procedimento com a doação de óvulos é o mesmo que comparado com o tratamento comum. A diferença, portanto, se configura na necessidade da realização de punção dos óvulos na doadora. Além disso, é necessário realizar alguns testes para fertilizar o óvulo com o espermatozóide. Apenas quando o óvulo é recebido e fecundado, ele pode ser transferido para a receptora.  

Aspectos emocionais: fator importante, para o sucesso do tratamento com óvulos doados

Como se preparar emocionalmente para receber a notícia de ser uma receptora de óvulos? Com o apoio de uma equipe especializada e principalmente com apoio psicológico, onde se abre um espaço para que os casais possam elaborar e compreender esse novo momento de se tornarem pais, onde não será utilizado uma parte do material genético deste casal. 

Em muitos casos, o processo acaba se tornando uma fase de desgaste emocional. Muitos sonhos estão em jogo e não é apenas a mulher que passa por essa pressão, mas também o parceiro que divide esse momento com ela. Nesse casos, é essencial o diálogo e explicitar o que mais vem causando preocupação. É necessário que todos os medos sejam colocados para fora para que eles possam ser compreendidos e trabalhados. 

É importante contar com apoio psicológico

É muito importante contar com o apoio da equipe multidisciplinar envolvida no tratamento, pois nem sempre o casal revela para familiares e amigos que estão passando por esse processo, e o apoio psicológico abre um espaço para o diálogo, trazendo tranquilidade para os futuros pais. Dessa forma, há trabalho em conjunto para que a carga emocional seja de certa forma amenizada, contribuindo para um resultado positivo.

Uma prática que vem se tornando cada vez mais comum em centros de reprodução assistida é o apoio psicológico. 

A doação de óvulos não modifica o seu papel como mãe

Algumas pacientes podem apresentar dificuldade em entender esse processo e acabarem relutando em procurar mais esclarecimentos sobre assunto. Pode existir ainda, em alguns dos casos, uma visão de que é obrigação da mãe estar em condições totais para ter óvulos férteis e engravidar sem necessitar de ajuda externa. Então, as cobranças aumentam e os bloqueios também. 

Além disso, aceitar a doação de óvulos não diminui em nenhum momento o papel de uma mulher como mãe. A maternidade envolve uma infinidade de outros  aspectos que fazem com que a mulher possa sentir-se mãe de verdade. E isso precisa ser esclarecido, permitindo com que ela possa viver essa etapa com muita tranquilidade. 

Considerações finais

A questão da doação de óvulos ainda pode ser um grande tabu para muitas pessoas. Por isso, é tão importante entender como o procedimento ocorre e quais são suas implicações e chances. 

A doação de óvulos é mais é uma alternativa para permitir que mais mulheres consigam realizar o sonho de constituir uma família. 

Se você achou que o nosso post ajudou você a saber como se preparar para a doação de óvulos, clique aqui e conheça as melhores técnicas de medicina reprodutiva do Brasil.

O nosso compromisso maior é gerar possibilidades para a vida.