dúvidas-Fertilização-in-vitro

5 Principais dúvidas sobre a Fertilização in vitro

O tratamento para fertilização in vitro ainda gera uma série de dúvidas nas famílias que desejam engravidar por meio deste procedimento.

Por conta dessas dúvidas, muitas pessoas acabam tendo receio de iniciar o procedimento, gerando uma frustração dispensável quanto ao sonho de ter um filho. 

Pensando nisso, resolvemos preparar esse texto para explicar ainda mais sobre o assunto e esclarecer as principais dúvidas quanto a fertilização in vitro

Desejamos uma excelente leitura!

O que é a FIV, fertilização in vitro?

A fertilização in vitro é um procedimento onde a fecundação (união do óvulo com o espermatozóide), ocorre fora do útero da mãe, em procedimento laboratorial. 

Constatada a fecundação, o médico transfere o embrião para o útero da mulher, dando início ao processo de gestação. 

A fertilização in vitro ocorre a partir da doação de gametas masculinos ou então a partir da doação de óvulos femininos. 

A FIV se faz necessária quando a mulher não consegue engravidar naturalmente, por fatores de baixa fertilidade, doença, fatores genéticos, ou por apresentar quantidades insuficientes ou de baixa qualidade quanto aos seus óvulos. 

Mulheres que desejam ser mães solteiras ou em união homoafetiva também podem recorrer ao procedimento.  

A fertilização in vitro é um dos procedimentos que vem permitindo que mulheres realizem o sonho da maternidade com segurança, pois preserva a excelência dos cuidados quanto à saúde da mãe, bem como da mulher que se propõe a ser doadora de óvulos. 

Se você deseja conhecer mais sobre a doação de óvulos, um dos processos anteriores e complementares à fertilização in vitro, não deixe de ler o material “Doação e adoção de óvulos, como funciona?” para entender mais sobre o assunto.

Principais dúvidas sobre a FIV

Abaixo, listamos as principais dúvidas que são trazidas aos nossos especialistas de reprodução humana assistida quanto a fertilização in vitro.

A partir dos 40 anos da mulher não se pode mais fazer a FIV?

Até os 43 anos, a fertilização in vitro é recomendada para mulheres que não conseguem engravidar naturalmente. A partir dos 45, as chances podem diminuir por conta das limitações decorrentes da idade, uma delas é a diminuição da fertilidade.

Como se preparar para a fertilização in vitro?

Certos exames são pedidos para que a FIV ocorra da forma mais segura possível, alguns deles, como o exame de ultrassonografia, é indicado para que se possa estudar sobre o organismo da mulher e sua receptividade para receber um embrião. 

O exame de sangue também é solicitado para que se possa entender mais sobre a sua saúde e se pode haver qualquer tipo de complicação quanto ao procedimento.

A fertilização não deu certo de primeira, posso tentar de novo?

Sim. É necessário esperar por um tempo, que seria de dois a três meses para que um novo procedimento possa ser iniciado. Esse tempo é ideal para que o corpo se recupere da carga de hormônios que recebeu durante o processo. 

Quantos embriões são transferidos para o útero da mulher?

Até no máximo dois, caso as receptoras tenham faixa etária até 35 anos. Com idade maior a 35 anos, podem ser transferidos até três embriões para aumentar as chances de gravidez, por conta da idade e queda da fertilidade da receptora.

FIV e inseminação artificial são os mesmos procedimentos?

Não. A fertilização in vitro se refere a um processo onde espermatozóide e óvulos entram em contato em local adequado por meio de procedimentos laboratoriais, isto é, fora do útero materno e em um ambiente controlado. 

A inseminação por sua vez se refere a um procedimento onde os espermatozoides são injetados diretamente no útero materno. 

Mais sobre fertilização in vitro

O procedimento de fertilização in vitro possui uma série de requisitos para que transcorra da melhor forma possível, preservando a saúde da mãe e possibilitando altas chances de sucesso.

E para dar continuidade ao assunto, indicamos a leitura do material “Como me preparar para a Fertilização in vitro” pois queremos que você saiba exatamente como se aprontar para o procedimento de FIV da melhor maneira possível. 

Esperamos que goste!

Considerações finais

A fertilização in vitro é um dos avanços da medicina que mais tem feito com que o sonho de inúmeras mulheres se tornasse realidade: serem mães.

A partir da informação e do conhecimento sendo disseminado, procedimentos como esse ficam cada vez mais conhecidos e adquirem a confiança necessária para que ainda mais pessoas busquem por tais alternativas, sem frustrar seus maiores desejos em formar uma família. 

Por isso, entrar em contato com profissionais da área de reprodução humana assistida é essencial para entender cada passo do procedimento e como torná-lo real pode ser simples, desde que se entenda como o tratamento acontece com segurança e respeito ao momento da mãe. 

Se você está em busca de profissionais e alternativas que te ajudem acerca da fertilização in vitro, clique aqui e conheça as melhores técnicas de medicina reprodutiva do Brasil.

O nosso compromisso maior é gerar possibilidades para a vida.