10 perguntas para fazer durante a consulta ao especialista de infertilidade

De acordo com os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 15% dos casais em idade fértil têm dificuldades para engravidar naturalmente e por isso, precisam recorrer a tratamentos de reprodução assistida para realizarem o sonho de terem filhos.

As causas para a infertilidade são diversas e apenas um especialista, após realizar uma análise detalhada, poderá fornecer um diagnóstico preciso e propor as melhores soluções de tratamento. 

Por esse motivo, na sua primeira consulta com o especialista, não esqueça de levantar todos os pontos mais importantes, como medicamentos que utilize, possíveis problemas já diagnosticados e respectivos exames.

Além disso, caso você possua registros das datas e características de seus ciclos menstruais, forneça também estes dados ao médico. 

Mas, para que você possa tirar o máximo proveito da primeira consulta, preparamos este artigo com algumas sugestões de perguntas para fazer ao especialista de infertilidade. 

Boa leitura!

A primeira consulta

A primeira consulta com o especialista em fertilidade serve para levantar informações e definir um planejamento.

Geralmente, a sua primeira consulta consiste numa troca sincera com o seu médico. É uma oportunidade para o médico conhecer o seu histórico de saúde e você se familiarizar com o especialista que vai acompanhar todo o processo. 

Seu especialista em fertilidade também pode solicitar que você faça exames de sangue e imagem (ultrassonografia, histerossalpingografia, etc…)..

Estes exames são importantes para recolher informações, pois fornecem detalhes sobre sua saúde física e o seu potencial reprodutivo. A análise de sêmen também fornece dados essenciais, e este exame também deve ser pedido.

Preparação para a consulta

A melhor maneira de aproveitar ao máximo a sua consulta com um especialista, é saber o que esperar do atendimento. 

A primeira consulta consiste numa conversa sincera e aprofundada com o especialista, para entender as causas do problema e planejar os próximos passos.

Para isso, é fundamental que você esteja preparada para fornecer o máximo de informações possíveis e, claro, sanar todas as suas dúvidas.

De forma resumida, podemos dizer que a primeira consulta consiste em três principais pontos:

Descrição do problema

Anote as informações mais importantes, que incluem: quando você começou a tentar engravidar, se monitorou a ovulação e com que frequência você e seu parceiro têm tido relações sexuais. Estes fatos podem fornecer importantes pistas sobre o que está causando sua dificuldade para ter um bebê.

Informação médica

Tenha em mãos a lista do histórico clínico, de exames médicos realizados, bem como os nomes e dosagens de medicamentos, suplementos e vitaminas que estão utilizando. Não esqueça de incluir detalhes sobre avaliações de infertilidade ou tratamentos anteriores. 

Lista de perguntas

Pode ser difícil lembrar de tudo que é preciso perguntar ao seu especialista em fertilidade, então, uma lista de perguntas pré produzidas pode ajudar na sua primeira consulta. 

Sugestões de perguntas para fazer ao especialista de infertilidade

Neste tópico, preparamos uma lista com algumas sugestões de perguntas para fazer ao especialista de infertilidade. Faça uma lista com essas e outras dúvidas que você tenha e não hesite em questionar o seu médico. 

Confira a seguir algumas sugestões de perguntas.

  • Qual é o meu diagnóstico e como esta condição interfere na minha fertilidade? 
  • O meu parceiro tem uma condição que interfere na fertilidade?
  • O meu parceiro precisa de exames adicionais, além do espermograma?
  • Se o motivo da minha infertilidade não é claro, quais exames diagnósticos são recomendados? 
  • Que tipo de tratamento você recomenda tentar primeiro?
  • Quais são os riscos do tratamento?
  • Na sua experiência, quantas vezes esse tratamento resultou em gravidez? 
  • Como se comparam os tratamentos recomendados em termos de riscos e taxas de sucesso?
  • Os tratamentos disponíveis são mais conservadores ou mais invasivos? 
  • Quantos ciclos de tratamento você recomendaria antes de tentar outra opção? 
  • Você recomendaria aguardar um ciclo menstrual entre os ciclos de tratamento?
  • Existem mudanças de estilo de vida que podem ajudar a aumentar minhas chances de engravidar?
  • Você recomendaria tratamentos usando doação de óvulos ou espermatozoides? 
  • Sua clínica oferece estas opções?
  • Na sua opinião, qual é a probabilidade de um tratamento de infertilidade ser bem-sucedido no meu caso?
  • Quanto custa o tratamento?
  • Será que o meu plano de saúde cobre todos os medicamentos, despesas hospitalares, ou visitas ao médico?

Considerações finais

Como vimos ao longo do artigo, a infertilidade é um problema que atinge cerca de 15% dos casais em idade fértil. Felizmente, a medicina reprodutiva oferece soluções de diagnóstico e tratamentos que têm ajudado milhares de casais ao redor do mundo a realizar o sonho de conceber um filho.

Vimos também que nesta primeira consulta, você deve fornecer o máximo de informações possíveis acerca do histórico de saúde do casal, e deve também iniciar uma relação de confiança com o profissional.

Por esse motivo, é importante que você tenha em mente o que esperar da consulta e esteja preparada para tirar o máximo proveito desta primeira visita à clínica e conversa com o especialista de infertilidade.

Se você achou que o nosso post ajudou a se preparar para a consulta com um especialista em infertilidade, e se sente preparada para dar o próximo passo, clique aqui e conheça a nossa clínica. 

O nosso compromisso com a ciência e com ser humano será sempre gerar possibilidades para a vida.